sexta-feira, 28 de abril de 2017

O prefeito de São Paulo, coxinha e palhaço, chama os trabalhadores de 'vagabundos' e vai ao palácio de helicóptero

Prefeito de São Paulo, que chamou de "vagabundos" e "preguiçosos" os trabalhadores que acordam às 5h, mas decidem lutar por seus direitos retirados em reformas do governo Temer, disse mais cedo que chegaria para trabalhar sem problemas porque os manifestantes "acordam tarde"; no entanto, o motivo foi outro: ele chegou de helicóptero, enquanto obrigou os servidores da Prefeitura a irem mesmo com a cidade sem ônibus, trens e metrô

BRASIL PAROU


quinta-feira, 27 de abril de 2017

Ainda o TRIPLEX - Presidente da OAS Empreendimentos nega que apartamento era do Lula e contraria o delator Pinheiro. Chega , Moro!

A Lava Jato colheu mais um depoimento de empresário que contraria o testemunho de Léo Pinheiro no caso triplex. Fabio Yonamine, ex-diretor-financeiro e presidente da OAS Empreendimentos, disse em depoimento ao juiz Sergio Moro, na terça (26), que Pinheiro nunca afirmou que Lula tinha um apartamento "reservado" no Condomínio Solaris, no Guarujá. Por outro lado, o executivo admitiu que a reforma no triplex foi feita a pedido de Pinheiro, com o objetivo de "deixar a unidade mais bonita" para venda ao petista.Yonamine disse que recebeu de Pinheiro um pedido para "decorar" o apartamento, para "deixar mais bonito" com o intuito de vender ao ex-presidente Lula. Quem tocou o projeto com detalhes, porém, foi a equipe da OAS Empreendimentos em São Paulo, liderada por Roberto Moreira. Como informou o GGN, Moreira já disse à procuradores da Lava Jato que o triplex não havia sido "destinado" oficialmente a Lula, apesar da personalização da unidade. Segundo Yonamine, o apartamento ficou pronto às vésperas da prisão de Léo Pinheiro na Lava Jato. Por isso, ninguém procurou Lula e dona Marisa Letícia para saber o que o casal pretendia fazer com a unidade. "Nunca fui atrás nem mandei ninguém atrás", comentou.Ainda de acordo com Yonamine, 100% dos recursos empregados na construção e reforma do triplex eram da OAS Empreendimento, e "só têm recursos legais". Todos os pagamentos eram feitos com recebimento de nota fiscal, pagamento de tributos e prestação de contas, informou. Além disso, ao contrário do que suspeita a Lava Jato, a OAS Empreendimentos nunca teve qualquer relação com a Petrobras. Segundo o executivo, o apartamento 164-A era, no seu entendimento, um "estoque" da OAS, "não era uma unidade reservada para Lula". "Não posso dizer se estava à venda ou não", acrescentou. (GGN)

São Luís - Emoções.....e algo mais



LEIA A LISTA DOS DEPUTADOS DO MARANHÃO QUE VENDERAM NOSSOS DIREITOS

Juscelino Filho MA Sim
Junior Marreca MA Sim
Alberto Filho MA Sim
Hildo Rocha MA Sim
João Marcelo Souza MA Sim
André Fufuca MA Sim
Waldir Maranhão MA Sim
Cleber Verde MA Sim
José Reinaldo MA Sim
Victor Mendes MA Sim
Pedro Fernandes MA Sim
Aluisio Mendes MA Sim

Geoffrey Robertson ' O caso Lula deve ser retirado das mãos de Moro. Lula tem direito a julgamento justo'!

Em artigo publicado na Foreign Affairs, principal revista do mundo sobre Relações Internacionais, o advogado Geoffrey Robertson, referência internacional na questão dos direitos humanos, afirma que, com o juiz Sergio Moro, o ex-presidente Lula não terá um julgamento justo; "Até agora, os promotores não encontraram nenhuma evidência que o ligasse aos supostos crimes, mas usaram táticas agressivas, como vazamentos de gravações telefônicas que ele fez para sua família, a fim de constrangê-lo publicamente", destaca; para Robertson, "nesse e noutros aspectos, o caso Lula levantou questões cruciais sobre o sistema judicial brasileiro: especificamente, se ele pode dar a Lula um julgamento justo e proteger os direitos do devido processo daqueles que são acusados de corrupção"; o especialista ressalta ainda que Moro é ao mesmo tempo investigador e julgador, como permite o sistema brasileiro, e que o caso deve ser retirado de suas mãos. 

Ex-presidente quer que seu depoimento ao juiz Sérgio Moro, marcado para o próximo dia 10, seja transmitido ao vivo; é evitar que haja "vazamento seletivo" de sua fala pela mídia, segundo reportagem da revista IstoÉ; o pedido ainda não foi feito oficialmente

Jânio de Freitas da Folha fala em 'ABERRAÇÃO TEMER"! Tarde demais......

O colunista Jânio de Freitas subiu o tom das críticas a Michel Temer e sua administração: "'Governo Temer' é só uma expressão da preguiça mental aliada a defeitos muito piores. Trata-se, na verdade, da aberração Temer. Jamais – portanto nem na venenosa fase de Roberto Campos como ideólogo e artífice da ditadura – este país de desatinos viveu, em tão pouco tempo, um assalto tão violento e extenso a direitos de mais de quatro quintos da sua população e às potencialidades do próprio país", escreveu.