quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Sobe gás e gasolina mas Parente entrega 10 bi a investidores americanos supostamente prejudicados com os escândalos da Petrobrás

Foi manchete nesses dias o fato de que a Petrobrás, através do seu gerente o tucano Pedro Parente,  fez um acordo de indenizar com 10 bilhões de reais empresários americanos supostamente prejudicados em seus negócios com a estatal brasileira. O absurdo é que sequer houve processo e sentença nesse sentido. Com uma leviandade incrível entrega-se a um punhado de empresários mais do que a Lava-jato conseguiu recuperar de desvios e perdas por causa dos escândalos. O líder do PT na Câmara, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) protocolou representação junto à Procuradoria-Geral da República para que o Ministério Público breque a tentativa de Pedro Parente, presidente da Petrobras, de transferir R$ 10 bilhões a investidores dos Estados Unidos, sem que a estatal tenha sequer sido condenada pela Justiça; o deputado pede que Raquel Dodge instaure procedimento administrativo de investigação da legitimidade e conveniência do anunciado acordo firmado pela Petrobras. 

Um comentário:

Maria Rosa de Miranda Coutinho disse...

Olá Cláudio, tudo bem? QuAntônio tempo! Tenho lido seus textos e acho muito interessante. Trabalho agora com literatura indígena e educacão aqui em Joinville e aprecio este tipo de comunicação. Manda noticias. Meu email é mariarosacoutinho@yahoo.com.br
Feliz Ano Novo! Abração, Maria Rosa.