quarta-feira, 4 de julho de 2012

BREVES.........

Efeito estufa: melhor do que se pensava!
Uma nova análise publicada recentemente no periódico Science revela que as emissões de gases de efeito estufa (GEEs) provenientes do desmatamento tropical são menores do que se pensava. De acordo com o estudo, essas emissões representam cerca de 10% da liberação total de carbono, e não entre 20% e 30% como afirmavam pesquisas anteriores.

Liberdade para estrangeiro comprar terra!
O relatório que dá às empresas com capital estrangeiro liberdade para adquirir grandes extensões de terras, aprovado na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, é nocivo para a soberania do Brasil.Essa é a avaliação de Gerson Teixeira, da Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra). “Esse projeto sinaliza a abertura total das terras para capital estrangeiro, permitindo que empresas se apoderem da biodiversidade e de recursos naturais do Brasil de acordo com seus interesses.

Indígenas de Mato Grosso: esqueceram-se de mim!
Justiça federalO Ministério Público Federal recorreu contra a decisão da Justiça Federal em Mato Grosso de extinguir a ação civil pública que pede a paralisação das obras da usina Teles Pires até que o estudo sobre o componente indígena seja elaborado. A usina Teles Pires, a primeira das cinco previstas pelo setor elétrico para o rio Teles Pires, vai impactar os povos ndígenas Kayabi, Apiaká e Munduruku, cujas terras estendem-se entre o Pará e Mato Grosso. O andamento da obra para a construção da usina foi autorizado por uma licença prévia concedida sem levar em consideração os impactos causados aos indígenas de três etnias que vivem na região, isto é, sem o estudo do componente indígena.

Faleceu Antônio Brand, um indigenista lutador e sábio.
Faleceu na manhã desta terça-feira, 03, no Rio Grande do Sul, o indigenista e historiador Antonio Jacó Brand, 62 anos. O motivo atestado da morte foi falência múltipla de órgãos. Desde o final da última semana, Brand se recuperava de um ataque cardíaco na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto de Cardiologia de Porto Alegre. Antônio dedicou sua vida à luta pela causa indígena. Junto aos Guarani Kaiwá do Mato Grosso do Sul estado em que residia. Em Brasília, o indigenista desempenhou imprescindível papel na batalha pelos artigos indígenas na Constituinte de 1987-88, sendo vítima de criminalizações, mas sem jamais abandonar a luta. Brand foi o fundador do Cimi no Mato Grosso do Sul e secretário executivo da organização, entre as décadas de 1980 e 1990. Atualmente lecionava no Departamento de História da Universidade Católica Dom Bosco, em Campo Grande (MS), orientando alunos no mestrado e doutorado. Uma perda imensurável para o indigenismo ativo.

Um comentário:

Mariana disse...

As pessoas tem que cuidar o médio ambiente porque os gases fazem muito mal para a saúde também, e somos nós os que destruímos o planeta.
Depois os lugares de cardiologia em porto alegre estão cheios por causa de doenças causadas pelo homem.